EX-PM Aristides Gomes apresenta queixa contra Estado da Guiné-Bissau

0
Foto: DR

Fonte: Lusa

O coletivo de advogados de Aristides Gomes disse hoje que apresentou uma queixa contra o Estado da Guiné-Bissau no Supremo Tribunal de Justiça da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) por violações dos direitos humanos.

“O que fundamenta a ação são os factos que suportam a queixa cá em Bissau. Invasão da sua casa, confinamento na UNIOGBIS, coação moral, invenção de processos”, afirmou à Lusa o advogado Vailton Pereira Barreto.

Segundo o advogado, a “partir deste momento o Estado da Guiné-Bissau está denunciado”.

De acordo com um despacho que a imprensa teve acesso refere também que foram impostas medidas de coação contra Aristides Gomes, nomeadamente obrigação de permanência em território nacional, mas o antigo primeiro-ministro não foi ouvido, até ao momento, pelo Ministério Público guineense.

Aristides Gomes está refugiado na sede do Gabinete Integrado da ONU para a Consolidação da Paz na Guiné-Bissau (UNIOGBIS) há vários meses, depois de ter sido demitido de funções pelo atual Presidente guineense, Umaro Sissoco Embaló.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.