Presidente reeleito da FAF impedido de tomar posse

0
Foto: DR

Por: Ivanine Silva

Artur Almeida e Silva, presidente reeleito da Federação Angolana de Futebol (FAF) no último fim de semana, está impedido de tomar posse provisoriamente para o seu novo mandato na presidência deste órgão, por alegadas irregularidades constatadas no acto eleitoral, por uma chapa concorrente.

De acordo com a Lista A, comandada por Nando Jordão, candidato ao cadeirão máximo da FAF, que já entrepôs uma providência Cautelar ao Tribunal Provincial de Luanda, ao Ministério da Juventude e Desportos e a Comissão Eleitoral da FAF, registou-se uma irregularidade no processo eleitoral em cinco províncias, em que votaram clubes que não participaram em qualquer competição tutelada pela federação, nos últimos dois anos.

Segundo um membro da chapa liderada por Nando Jordão, que falava em directo para a TV Zimbo, estes clubes são das províncias do Bengo, Bié, Lunda-Norte, Lunda-Sul e Zaire, num número que ultrapassa 10 clubes.

Enquanto não for dado um veredito pelas instâncias às quais foi submetida a providência cautelar, a qual poderá passar pela impugnação das eleições, Artur Almeida e Silva, não poderá assumir a liderança do órgão reitor do futebol angolano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.