O país cabe aqui.

Assinala-se 32º aniversário da “Batalha do Cuito Cuanavale”

0

Por: Ivanine Silva

Celebra-se hoje, 23 de Março, 32 anos desde o final da “Batalha do Cuito Cuanavale”, um dos confrontos militares mais violentos e sangrentos decorridos no país após a proclamação da independência do país.

Celebrada como feriado nacional desde 2019, o 23 de Março, é conhecido como a data da libertação da África Austral.

A batalha ocorrida entre 15 de Novembro de 197 e 23 de Março de 1988, envolveu as ex-Forças Populares de Libertação de Angola (FAPLA), as Forças Revolucionárias Cubanas (FAR), a União Nacional para a Libertação Total de Angola (UNITA) e o exército Sul-africano, que foi o grande derrotado deste confronto.

Esta Batalha, tornou-se o ponto de viragem na guerra que se arrastava há anos em Angola, obrigando o regime do apartheid a promover conversações quadripartidas entre os contendores, que levaram à assinatura dos Acordos de Nova Iorque, assinados em Dezembro de 1988, e deram origem à implementação da resolução 435/78 do Conselho de Segurança da ONU, para a retirada das forças estrangeiras do conflito angolano, e, consequentemente, à independência da Namíbia em 1990 e à democratização da África do Sul, culminando com o fim do regime do Apartheid.

Como forma de homenagear todos os que tombaram nesta guerra, foi construído a entrada do município, o monumento da bandeira postada num edifício com 55 metros de altura e mil metros quadrados de área útil, o imponente edifício simboliza a memória e a bravura dos heróis da batalha de 1988.

O nome Cuito Cuanavale (um dos municípios da província do Cuando Cubango), tem origem em dois rios (Cuito e Cuanavale) que convergem nesta região. Com uma superfície de 35.610 quilómetros quadrados, o município do Cuito Cuanavale possui uma população estimada em 94 mil habitantes.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais

Política de Privacidade e Cookies