O país cabe aqui.

Trio Brasileiro realiza primeiro concerto Tramas Sonoras em Luanda

Notícias de Angola – O primeiro concerto do projecto intitulado “Tramas Sonoras” do trio brasileiro formado por Maria Valle, Diego Zangado e Luísa Lacerda, decorreu nos dias 12 e 13 de Janeiro, no Instituto Guimarães Rosa, em Luanda, numa iniciativa da editora Kacimbo.

Por Amilton Victor

Durante os dois dias, Maria Valle (violoncelo), Diego Zangado (bateria e percussão) e Luísa Lacerda (voz e violão) proporcionaram ao público angolano e brasileiro presente, uma harmoniosa performance rítmica e melódica.

Em uma hora e meia, por cada espetáculo, o trio interpretou cerca de Quinze temas de artistas como Sérgio Santos (Que quer que), Rosa Ângela (Lua cheia), Bernardo Magalhães (Menino), Iara Ferreira (O velho), Bernardo Diniz e Anderson Balbueno (Onã), entre outros.

Em declarações ao Notícias de Angola, Diego Zangado, disse que a escolha de Angola como palco do primeiro concerto do projecto “Tramas Sonoras”, surge através de um convite feito pela editora Kacimbo.

“Fomos convidados no ano passado, pela editora Kacimbo, para a realização de um espetáculo aqui, no Instituto Guimarães Rosa. Na altura, não tínhamos avançado uma data porque estávamos numa turnê pela Europa. Assim, marcamos para Janeiro e decidimos que o primeiro show do projecto seria em Angola” esclareceu.

Por sua vez, o representante da editora Kacimbo, Ndalu de Almeida, com o pseudónimo Ondjak, avançou que além do concerto, os artistas vão ainda ministrar vários workshops para bateristas e orquestras.

O concerto também contou com o apoio da Embaixada do Brasil em Angola e do Instituto Guimarães Rosa. O próximo palco eleito pelo projecto é o Brasil.

Maria Valle, violoncelista, integrou a Itiberê Orquestra Família, do conjunto Pedra Lispe, e colaborou com músicos como Hermeto Pascoal. O seu trabalho é marcado pela improvisação e criação de uma linguagem própria nos instrumentos de corda.

Por sua vez, Diego Zangado, baterista e percussionista, já gravou e apresentou-se pelo mundo com artistas como Francis Hime, Lenine e Chico Buarque. E como educador musical, ministrou vários workshops e outros cursos em países como Angola, Alemanha, Argentina, Japão e Taiwan.

Já a cantora e violonista Luísa Lacerda tem uma intensa produção discográfica na qual não só demonstra o seu talento, como dá voz a jovens compositores e instrumentistas. A artista já dividiu o palco com importantes nomes da MPB, entre os quais Guinga, Cristóvão Bastos, entre outros.

Comentários estão encerrados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais

Política de Privacidade e Cookies