O país cabe aqui.

Sonangol torna-se primeiro produtor africano a aderir o “Aiming Zero Metahane” 

Notícias de Angola – A Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola (Sonangol) torna-se o primeiro produtor africano de petróleo a aderir o “Aiming for Zero Methane”.

Trata-se de uma iniciativa lançada pela Oil and Gas Climate Initiative (OGCI) com o objectivo de incentivar a indústria petrolífera e de gás a reduzir as emissões de metano para próximo a zero.

Segundo comunicado de imprensa que o Notícias de Angola teve acesso hoje, da petrolífera nacional, aponta na qualidade de um dos maiores produtores de petróleo no continente, junta-se a cerca de 100 empresas que se comprometeram a tudo fazer para atingir, até 2030, quase zero emissões de metano, provenientes das instalações de petróleo e gás operadas.

A redução de emissões de gás metano ao ambiente é de extrema importância para o cumprimento dos objectivos do Acordo Climático de Paris e é prioridade máxima para a OGCI, que lançou a

iniciativa em 2022.

A meta de reduzir as emissões para perto de zero vai igualmente ao encontro do essencial da Carta de Descarbonização do Petróleo e Gás, um acordo firmado no final do ano passado na COP28 no

Dubai.

A Sonangol é uma empresa estatal angolana do ramo petrolífero, responsável pela administração e exploração do petróleo e gás natural em Angola.

 O grupo possui várias subsidiárias, que normalmente têm a própria Sonangol como principal cliente.

Comentários estão encerrados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais

Política de Privacidade e Cookies