País deve receber 50 milhões de dólares para compra de vacinas

0
Foto: DR

Por: Ivanine Silva

Angola deverá da União Europeia, nos próximos tempos, um montante de 50 milhões de dólares, para a aquisição de lotes de vacinas contra a covid-19.

Esta garantia dada pela União Europeia, cujos membros do seu conselho reuniram nesta sexta-feira (30), com o Presidente da República, João Lourenço. Na mesma reunião, o país mereceu elogios do Conselho Europeu, pelos esforços na luta contra a pandemia.

De acordo com o João Lourenço, o país deverá receber já neste mês uma arremessa de vacinas Sputnik V, produzidas pela Rússia, que deverão reforça o stock já existente e aumentar o nível de imunização colectiva da população.

Na mesma reunião, que serviu também para reforçar as relações bilaterais entre Angola e a União Europeia, foi também feito um convite aos empresários europeus a investirem no país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome.