Ex-fucionários da ZAP podem ser reenquadrados nos seus postos

0
Foto: DR

Por: Ivanine Silva

Os mais de 500 funcionários da estação de TV, ZAP, cuja gestão acabou de ser atribuída ao Ministério das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, poderão ser poderão ser reequadrados nos seus postos de serviço.

A PGR levou ao conhecimento do público que, em virtude do despedimento coletivo de trabalhadores do canal Zap Viva, o serviço nacional de recuperação de ativos requereu em Tribunal a sua substituição de fiel depositário das participações sociais da ZAP e da Finistar arrestadas em 2019 para o Ministério das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social.

Deste modo, tendo a pretensão sido deferida e o novo fiel depositário fica encarregue de reintegrar todos os trabalhadores despedidos na última semana de forma colectiva.

Com isso, o governo angolano, passa a ter controle de todas as distribuidoras de sinal de TV via satélite, de direito angolano, depois de em 2021, ter ficado com a gestão da TV Zimbo e da Palanca TV.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome.