O país cabe aqui.

Especialistas africanos e europeus debate estratégia de desenvolvimento na semana das comunicações

0
Notícias de Angola

Decorre desde ontem, em formato hibrido, várias conferências, masterclasses e mesas redondas em mais de 20 cidades africanas e europeias, no evento denominado Africa Communications Week. O objetivo é de traçar estratégias através das quais os profissionais das comunicações actuem para fortalecer a agenda de desenvolvimento das nações africanas no cenário global.

O término está previsto para o próximo dia 27 de Maio corrente, e realiza-se sob o tema “Ahead of the Curve: What’s Next for Comms in Africa?”.

Segundo a organização do evento os actores africanos não são agentes passivos nas relações internacionais sobre as temáticas ligadas à Governança global, alterações climáticas, saúde pública, comércio e segurança.

Para o evento a comunicação é considerada como estratégica no desempenho de um papel fundamental no aprimoramento de suas capacidades para exercer vários níveis de agência e, cada vez mais, definir os termos de engajamento.

A cofundadora da Africa Communications Week, Annie Mutamba, afirma que “muitas vezes, a África tem sido enquadrada como um lugar sobre o qual se actua, não como um continente diversificado com uma agenda própria em evolução, no entanto, a crescente visibilidade de líderes africanos e especialistas em organizações internacionais está trazendo narrativas e interesses africanos para o mainstream”.

Outra cofundadora da Africa Communications Week, Eniola Harrison, explica que “a agência africana não deve ser vista apenas como uma emanação de actores estatais”, tendo ainda acrescentado que os africanos “de todos os sectores público e privado e da sociedade civil precisam continuar a pressionar por um lugar à mesa e é aqui que a comunicação estratégica pode amplificar sua voz na formação da agenda global”.

As mentoras defendem ainda que os especialistas em comunicação possuem voz, recursos e redes e precisam apenas de ser estratégicos e intencionais sobre deliberação de uma narrativa que é, para elas, “tão vital para a transformação do continente”.

“À medida que o mundo emerge da pandemia de Covid-19, agora mais do que nunca, os comunicadores devem apoiar proactivamente a recuperação económica do continente”, rematam.

Sobre a Semana das Comunicações da África

Lançada em 2017, a Africa Communications Week é um movimento global bilíngue (EN/FR) que constrói pontes entre profissionais de comunicação comprometidos com a transformação da África. A AfricaCommsWeek não se destina exclusivamente a profissionais africanos, mas está aberta a organizações e empresas internacionais com presença, participação, interesses ou experiência em África. A missão da AfricaCommsWeek é capacitar e equipar os profissionais de comunicação focados na África com as ferramentas e recursos para mudar as narrativas atuais sobre a África.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais

Política de Privacidade e Cookies