O país cabe aqui.

Coroa do Miss Universo volta para África dois anos depois

0

Por: Ivanine Silva

O maior concurso de beleza do mundo, o Miss Universo, foi conquistado pela Sul-Africana, Zozibini Tinzi, que trouxe de volta a coroa para África dois anos depois.

O concurso referente a 2019, decorreu no último fim de semana, na cidade americana de Atlanta, teve 88 candidatas, com destaque para Salett Miguel, Miss Angola 2019.

Ao ser eleita “mulher mais bonita do mundo”, Zozibini Tinzi, falou de dois temas bastante actuais e que movimentam milhares de pessoas no mundo todo: o racismo, o preconceito e o machismo.

A Sul-africana deixou em segundo e terceiro lugares respectivamente, Madison Anderson, de Porto Rico e Sófia Aragón, do México.

É apenas a segunda vez que uma mulher negra conquista o concurso, desde Leila Lopes em 2011 e a terceira vez que uma Miss Sul-africana vence o Miss Universo, depois da coroa ter ido ao seu país em 1978 e em 2017.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais

Política de Privacidade e Cookies