Capital português vai modernizar centro da “fé Católica” em Angola

0

Por: Ivanine Silva

Depois da promessa de requalificação do maior centro da “fé Católica” no país, o santuário de Nossa Senhora da Muxima, feita pelo Presidente da República há mais de três anos, a modernização deste foi anunciada nesta quarta-feira (19).

Com financiamento português, a requalificação do santuário foi anunciada pelo Primeiro-Ministro de Portugal, António Costa, a margem da cimerira França-África, em que participou o PR João Lourenço. A futura Basílica deverá ficar em frente a antiga capela, edificada em 1645 e dedicada à Nossa Senhora da Conceição.

Notícias de Angola

O santuário que se converteu num importante centro de cristianização, sendo o lugar onde se batizavam os africanos antes de embarcá-los como escravos para diversas localidades, tornou-se um monumento nacional, a Igreja da Nossa Senhora da Muxima tem a sua manutenção e preservação sob responsabilidade do Ministério da Cultura de Angola, embora pertença à Igreja Católica.

Existem outros santuários em Angola, mas este situado a 130 quilómetros de Luanda é o que mais reúne católicos, uma devoção que remonta ao ano de 1833, juntando anualmente entre os meses de Agosto e Setembro milhares de pessoas em busca da concretização de seus propósitos.

Suas origens remontam à construção da Igreja de Nossa Senhora da Conceição na localidade conhecida como Muxima, na atual província de Luanda, em 1599. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome.