Antigo seleccionador de Angola reage à morte do ex-futebolista Chinho

0

“É uma grande perda para o tecido futebolístico do nosso País, pois fez parte da geração que ajudou a elevar a nossa bandeira, além-fronteiras. Como pessoa, foi sempre um bom filho, bom companheiro e amigo dos seus colegas, técnicos e dirigentes. Para além das diferentes Selecções Nacionais, trabalhamos juntos no Santos Futebol Clube, onde exerceu, com responsabilidade a função de capitão. Estou muito triste com o seu falecimento prematuro, pelo que solicito as instâncias de direito que capturem os culpados e que sejam castigados por esse hediondo e bárbaro crime. À família desportiva angolana e do Man João (como, carinhosamente, o tratávamos), os meus sinceros sentimentos de pesar”.

(Oliveira Gonçalves, ex-seleccionador dos Palancas Negras e antigo treinador do Santos FC, reagindo hoje à ANGOP sobre assassinato de Chinho).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.