Conjuntura económica reduz atracagem de navios no Porto do Lobito

0
Foto: Hamilton Alberto

Desde os meados de 2014 que Angola vive uma crise económica, financeira e cambial em função da quebra das receitas da exportação de petróleo. O Porto do Lobito continua a enfrentar várias dificuldades como: a redução de atracagem de navios de grande porte de 50 para 32 mensalmente, número ínfimo comparativamente aos anos anteriores.

Os dados  foram revelados na tarde desta sexta-feira (5), pelo chefe das operações do Porto do Lobito, Alberto Nelson, durante uma visita efectuada à referida Unidade Portuária, pelos estudantes do Instituto Superior Politécnico Kalandula de Angola.

Para além do Porto do Lobito, os estudantes visitaram igualmente as fábricas da Cuca e Coca-Cola que estão localizadas no município da Catumbela.

De recordar que as visitas enquadram-se  no âmbito das actividades da “quinta edição” da excursão universitária, que os estudantes do ISPEKA estão a realizar na cidade dos flamingos (Benguela).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.