“Acreditar no poder da tecnologia”, diz vice-presidente da Huawei

0
Foto: Cedida

Uma empresa de tecnologia global, a Huawei acredita que as tecnologias de informação e comunicação ou TICs têm o potencial de reduzir as emissões globais de carbono em 20% na próxima década.

William Xu, Diretor do Conselho e Presidente do Instituto de Pesquisa Estratégica da Huawei, disse recentemente que a sustentabilidade energética tem sido um grande desafio enfrentado por todos os países na próxima década.

“O consumo global de energia está crescendo a uma taxa anual de 1,7%. Atualmente 85% da energia vem de combustíveis fósseis. A sustentabilidade energética é um desafio assustador que todos nós enfrentamos. Ao habilitar uma ampla gama de indústrias, a tecnologia de TIC tem o potencial de reduzir as emissões globais de carbono em 20% na próxima década ”, disse Xu.

Notícias de Angola

A Huawei anunciou recentemente que se concentrará na inovação de novas tecnologias para ajudar as indústrias a reduzir seu consumo de energia para um mundo de baixo carbono.

Também na África, muitos países estão adotando cada vez mais as energias renováveis para dar um salto rumo a um futuro energético sustentável.

Com seu algoritmo de conectividade de rede alimentado por AI, a Huawei forneceu mais de 200 modelos de rede elétrica para mais de 30 países e regiões. Isso ajudou as usinas de energia a se conectarem de maneira estável às redes em todos os cenários e gradualmente tornou o fotovoltaico uma fonte de energia convencional de alta qualidade.

Somente em energia solar, a África fez grandes progressos nos últimos anos, com mais de 6.200 projetos de grande escala, comerciais e industriais (C&I) e de minirrede identificados em todo o continente.

Além disso, mais nove nações africanas, além da África do Sul e Egito, estão a caminho de aderir ao ‘Gigawatt Club’, uma marca não oficial para o grupo de países com capacidade instalada para produzir um GW de energia solar.

Huang Su, Diretor de Negócios de Energia Digital da Huawei Southern Africa, apontou que quase metade da população mundial sem acesso à eletricidade vive na África Subsaariana.

“Portanto, há uma necessidade forte e urgente de acelerar o crescimento de energia renovável em toda a região para garantir energia suficiente, acessível e confiável para todos os africanos e para que os países colham os benefícios de uma economia verde”, diz ele.

A Huawei reuniu mais de 30 anos de expertise e experiência em tecnologias digitais para tornar a geração e o consumo de energia solar mais eficientes e confiáveis com custo otimizado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome.