Tribunal Constitucional chumba “PRA-Ja” definitivamente

0
Foto: DR

Por: Ivanine Silva

O projecto político PRA-JA Servir Angola, encabeçado por Abel Chivukuvuku, foi definitivamente chumbado pelo Tribunal Constitucional, nesta segunda-feira (7), estando os membros deste projecto, impedidos de criar qualquer partido político nos próximos quatro anos.

De acordo com o noticiado pelo Novo Jornal, neste quarto recurso a comissão instaladora da formação política, tentava anular a decisão do tribunal datada de 25 de Agosto, que negou o recurso extraordinário de inconstitucionalidade após o tribunal ter negado dar provimento ao pedido de legalização do partido.

Deste modo o PRA-JA de Abel Chivukuvuku, está afastado da corrida eleitoral de 2022, sendo que o seu mentor (Abel Chivukuvuku) poderá concorrer estando afiliado à uma outra denominação política.

Por seu turno, todos envolvidos neste projecto, também não poderão formar qualquer outro partido até 2024.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.