O país cabe aqui.

Petrolífera americana liquida dívida de mais de AKZ 600 milhões ao Estado angolano

0
Notícias de Angola

A empresa Cabinda Gulf Oil Company, subsidiária da petrolífera americana Chevron, procedeu na semana finda, a liquidação da sua dívida de 659.832.800,44 Kwanzas, correspondentes a 8 anos referentes à entrada e estacionamento, no período de 1 de Janeiro de 2012 a 31 de Dezembro de 2020, no terminal portuário de Malongo.

Os termos de quitação da dívida foram assinados pelo Presidente do Conselho de Administração da Empresa Portuária de Cabinda, José João Kuvingua, na presença do Ministro dos Transportes, Ricardo Viegas D’Abreu.

Os documentos assinados a 29 de Março de 2022, estão relacionados com a prestação de serviço do terminal portuário de Malongo, referente à entrada e estacionamento, no período de 1 de Janeiro de 2012 a 31 de Dezembro de 2020, tendo o valor atingido o total de 659.832.800,44 Kz (Seiscentos e cinquenta e nove milhões, oitocentos e trinta e dois mil, e oitocentos kwanzas e quarenta e quatro cêntimos).

A quitação relativa à Taxa Marítima de Escala e Permanência dos Navios, foi igualmente regularizada no montante de 1.147.226.262,12 Kz (Mil milhões, cento e quarenta e sete milhões , duzentos e vinte e seis mil, duzentos e sessenta e dois kwanzas e doze cêntimos), de acordo com as atribuições e jurisdição da Agência Marítima Nacional.

Entretanto, o acto é considerado pela empresa portuária como mais uma acção no resgate e normalização da Autoridade Portuária e a normalização do papel regulador da Agência Marítima Nacional.

A Cabinda Gulf Oil Company Limited (CABGOC), subsidiária da empresa americana Chevron, está presente em Cabinda desde 1954, onde explora recursos em duas concessões: o Bloco 0, na costa da província de Cabinda e o Bloco 14 em águas profundas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais

Política de Privacidade e Cookies