O país cabe aqui.

Países da SADC registam redução parto na adolescência 

Notícias de Angola – Cerca de Sete países estados-Membros da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) registaram, uma redução de  Cinquenta por cento de partos na adolescência, em cada mil adolescentes, de Janeiro a Novembro de 2023, ilustra o estudo de monitoramento da saúde sexual e reprodutiva. 

Por Amilton Victor

O relatório do estudo Scorecard foi apresentado durante uma reunião sobre a Saúde reprodutiva na capital do país.

De acordo com o relatório a que o Notícias de Angola teve acesso hoje, doze dos dezasseis países da região conseguiram incorporar a educação sexual e sobre o VIH-SIDA nas escolas primárias, na ordem dos Noventa e Cinco por cento.

O documento aponta que sete países atingiram a meta da SADC de reduzir a taxa de transmissão do VIH-SIDA de mãe para filho abaixo de 5%.

Conforme ainda o relatório refere pelo menos três países registraram um aumentos significativos.

Os dados complementares dá reunião conjunta dos ministérios da Saúde da SADC, e os responsáveis pelo VIH-Sida, 

ocorrida na terça-feira, em Luanda, Sílvia Lutucuta, reconheceu que a mortalidade materna e a violência de gênero caminham em níveis inaceitáveis na região.

Por sua vez a ministra da Saúde angolana exortou aos estados-membros a redobrarem esforços para garantir que nenhuma mulher perca a vida ao dar a luz e que as mulheres tenham acesso aos métodos contracetivos à sua escolha.

Para o efeito a governante apelou a promoção da igualdade do gênero desde a tenra idade é essencial.

“Investir na autoestima e na confiança das jovens é fundamental para que eles consigam enfrentar desafios num ambiente propício”, ressaltou.

Sílvia Lutucuta disse ser responsabilidade de todos os profissionais da saúde, garantir que nenhuma mulher da região da SADC sofra com tal violência, 

A Estratégia  da SADC para Saúde sexual e direito sexual e reprodutivo (2019-2030) fornece um quadro político e de programação para os Estados-Membros avaliarem os seus quadros nacionais,  harmonizar e acelerar o acesso a Saúde Sexual Reprodutiva e aos direitos conexos. 

Criada em 1992, a Comunidade Para o Desenvolvimento Da África Austral “SADC”, com sede em Gaborone, Botsuana, conta agora com 16 Estados-Membros.

Comentários estão encerrados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais

Política de Privacidade e Cookies