O país cabe aqui.

Novo Secretário de Estado para as indústrias criativas aponta maior desafio para 2020

0
Notícias de Angola

Por: Victória Pinto

O novo Secretário para as Indústrias Criativas do Ministério da Cultura, João Pedro da Cunha Lourenço, em Dezembro, pelo Presidente República, declarou ao Notícias de Angola que o seu maior desafio para 2020 é melhorar os indicadores em termos económicos na área da cultura.

O responsável, destacou que a sua nomeação é uma responsabilidade que o país lhe concede, para pôr em prática tudo que sabe, e fazer mais para que a cultura não seja vista apenas como um sector que tem gastos.

“É uma responssbilidade que o país nos dá, e vamos procurar pôr em prática aquilo que sabemos. Temos que fazer mais para que a cultura não seja vista como um sector que tem gastos e não é bem isto. Um dos nossos desafios é melhorar os indicadores em termos económicos”.

João Pedro da Cunha Lourenço, descreveu que o grande objectivo para este ano, é fazer que a produção artística se reflita na informação económica do país, e na melhoria dos indicadores na área da cultura.

Natural de Luanda, é licenciado em Ciências da Educação opção de História, Mestre em História Contemporânea e está a fazer o Doctoramento em História Arte e Território.

É docente e historiador, foi bibliotecário durante 23 anos, foi director da Biblioteca Nacional e do Museu da Escravatura.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais

Política de Privacidade e Cookies