O país cabe aqui.

João Lourenço adopta medidas preventivas para evitar a entrada do Covid-19 no país

0
Notícias de Angola

Redacção NA

Foi tornado público nesta quarta-feira (18), um Decreto Legislativo Presidencial provisório, assinado pelo Presidente da República, João Lourenço, onde constam várias medidas de prevenção contra o Covid-19.

Fruto da forma rápida como a pandemia vai se intensificando pelo continente africano, em particular em países vizinhos, foram tomadas várias medidas para evitar a entrada do vírus no país.

Uma das mesidas mais importantes para travar a entrada do Covid-19 no país, é o corte da circulação fronteiriça, que de acordo ao decreto, estará suspensa a partir da meia noite do dia 20, sexta-feira, todos os voos comerciais e privados de passageiros de Angola para o exterior e vice-versa, bem como a tracagem e o desembarque de navios de passageiros e de carga por 15 dias, devido o comportamento global da pandemia do COVID-19.

Tal como em outros países, o decreto proíbe também as aglomerações sociais, ou seja, a realização de eventos públicos com a aglomeração de mais de 200 pessoas.

Medidas individuais como a manutenção constante da higienização das mãos, o corte de apertos de mãos, beijos e abraços, também foram descritas no decreto.

Uma das primeiras medidas de prevenção e segurança a ser aplicadas no país, a quarentena, voltou a ser reforçada estando esta predisposto para todos os passageiros que desembarcarem nos aeroportos nacionais a partir da meia noite do dia 20, bem como aa proibição das visita aos cidadãos que estiverem em quarentena.

De modos a ser salvaguardado o bem estar social enquanto estiverem em vigor as medidas dispostas no decreto, o PR, recomendou que, a Ministra das Finanças deve assegurar recursos financeiros extraordinários que se destinem especificamente custear as tarefas relacionadas com a aquisição dos meios necessários para a preparação das equipas, prestação de assistência e a realização de acções de vigilância epidemiológica, visando prevenir e conter a expansão da pandemia COVID-19

Tendo em vista o nível alarmante que a doença alcançou, foi recomendado que o referido decreto, imediatamente em vigor para evitar a proliferação do vírus no país.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais

Política de Privacidade e Cookies