Huawei e União Africana Intensificam transformação digital em África

0
Foto: DR

Patrocinado

A União Africana de Telecomunicações (ATU) assinou recentemente, na capital do Quénia, (Nairobi), um Memorando de Entendimento (MoU) com a gigante da tecnologia Huawei, que fará com que países e organizações africanas desenvolvam capacidades para a transformação das TIC.

Mediante o acordo, a Huawei fornecerá treinamento em desenvolvimento de habilidades, incluindo requalificação para os membros da ATU. O MoU também verá as duas organizações colaborarem para apoiar a inovação local, compartilhar informações referentes às últimas tendências, desafios, soluções em África e globalmente, expandir a economia digital, assim como a conectividade rural, no continente, por meio de pesquisas futuras.

Notícias de Angola

Um relatório de 2019 da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD) acerca das economias digitais, estabeleceu que África e a América Latina juntos representam menos de 5 por cento dos data centers mundiais. Se tal não for tratado, concluiu o relatório, as divisões agravarão as desigualdades de renda existentes. Isso, associado ao facto de que nos países menos desenvolvidos (LDCs), apenas uma em cada cinco pessoas usa a Internet, em comparação com quatro em cada cinco nos países desenvolvidos, esta é parte da motivação para a parceria Huawei-ATU.

Falando durante a cerimónia de assinatura realizada hoje em Nairóbi, Quénia, na sede da ATU, o Sr. John OMO, Secretário-Geral da ATU, elogiou a Huawei pela sua contribuição para África: “A Huawei transformou a conectividade e deu um grande contributo ao continente por meio dos seus investimentos em infraestrutura digital, habilidades em TIC, soluções de conectividade ecologicamente corretas e tecnologias de ponta para as áreas rurais. A organização é um parceiro de desenvolvimento confiável de África. O documento que hoje assinamos visa fortalecer esta parceria.” “África tem uma grande oportunidade de aproveitar totalmente o potencial das novas tecnologias”, Acrescentou.

As duas organizações têm uma longa história de trabalho conjunto e este novo acordo ajudará os países africanos, reguladores e cidadãos, a beneficiarem da transição para uma economia digital, adotar novas tecnologias, promover redes seguras e resilientes e adquirir as habilidades digitais necessárias para alavancar as suas economias.

Samuel Chen, Vice-Presidente da Huawei para a região da África Austral agradeceu a ATU pela liderança e promoção das TICs em África: “A ATU está a desempenhar um papel crucial na região, apoiando os países membros com suas políticas e estratégias, compartilhando as melhores práticas, construindo capacidades e impulsionando a inovação e nós estamos muito satisfeitos por poder apoiá-los”. Afirmou: “Nós conectámos centenas de milhões de africanos a soluções seguras de banda larga de alta velocidade e nuvem nas últimas duas décadas e conquistámos a confiança e o apoio dos nossos clientes e reguladores; ansiamos por fazer mais”.

De acordo com o MoU, os parceiros também começarão a oferecer treinamentos de ponta aos membros da ATU, acesso a especialistas globais para discutir as últimas tecnologias e tendências e, colaboração em pesquisas para ajudar no progresso da digitalização do continente.

Fundada em 1987, a Huawei é fornecedora líder global de infraestrutura e dispositivos inteligentes de tecnologia da informação e comunicação (ICT), conta com mais de 197.000 funcionários em mais de 170 países.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome.