Filha do psicólogo Zassala desmente acusação do pai contra Igreja Mensagem

Por: Redacção

0
Foto: Arte NA

A filha cassula do bastonário da Ordem dos Psicólogos de Angola, Carlinhos Zassala, quebrou o silêncio na terça-feira (15), no programa Fala Angola da TV Zimbo sobre inúmeras acusações públicas feitas pelo pai contra a Igreja Mensagem do Último Tempo (IMUT).

A intolerância religiosa da parte do psicólogo terá sido o motivo da saída de Evelina Zassala da casa dos pais.

Carlinhos Zassala terá dito que a igreja procedeu a uma lavagem cerebral à filha, mantendo-a sob cárcere privado há cerca de um ano e que está a  dividir a família.

Os pronunciamentos de Evelina surgem depois da TV Zimbo ter divulgado segunda-feira, (14), pelo mesmo programa, uma reportagem referente a uma suposta manifestação protagonizada pelos familiares do Carlinhos Zassala de fronte a igreja a pretexto de resgatar a filha do suposto cativo, em pleno dia de culto.

Os fiéis reagiram, impedindo a captação de imagem do local à força. Por esta razão, o líder da igreja, Fernando Kamalandua, dirigiu em nome dos fiéis um pedido de desculpa à Zimbo pelo sucedido.

A jovem jurista de 33 anos conta que tudo começou em 2018, quando decidiu deixar a igreja do pai (Baptista) para pertencer à IMUT. Pelo que, o pai não encarou a escolha de bom grado e de forma severa opôs-se a fé da filha. Evelina preferiu sair de casa por não suportar as agressões verbais do pai.

Por outro lado, o representante da IMUT em Angola, pastor Fernando Kamalandua, rebateu a acusação, tendo dito que não se trata de um cativeiro privado, mas sim de uma escolha feita pela própria filha.

Trata-se de um assunto de família e não da igreja. Ela recebeu a mensagem de livre vontade e o pastor não pode expulsar a fiel, “ela é livre”. “A igreja em nenhum momento pode tomar o lugar da família, nem a família da Igreja. A IMUT trabalha para unir as famílias” e neste esforço tem vindo inclusive a tentar reconciliar há algum tempo a família, concluiu o pastor Kamalandua.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.