O país cabe aqui.

ENI descobre poço de petróleo com mais de 150 milhões de barris

0

Um novo poço de petróleo, com uma reserva estimada entre 150 a 250 milhões de barris de petróleo leve, de elevado potencial adicional, foi descoberto no Bloco 15/6 em offshore angolano, anunciou a Agência Nacional de Petróleos, Gás e Biocombustíveis (ANPG) e a multinacional Italiana ENI.

Segundo Agência Angola Press, o poço  que levou à descoberta  foi perfurado  no prospecto  de exploração  Ndungu,  nas  águas  profundas  de  Angola,  de acordo com uma nota  da  ANPG   a que  Angop teve acesso esta  terça-feira.

O referido poço Ndungu-1 NFW está localizado a aproximadamente 130 quilómetros da costa, cerca  de 10 quilómetros a noroeste do FPSO  de  N’goma – pólo oeste 9 e a cerca  de   2 km do campo  de produção  de  Mpungi ( FPSO é o navio para a exploração, armazenamento depetróleo e/ou gás natural e escoamento da produção).

Perfurado pelo navio-sonda Poseidon, o poço encontra-se numa  profundidade de água  de 1.076  metros  e  atingiu  uma  profundeza  total de  4.050 metros.

Os dados adquiridos no poço Ndungu-1 indicam uma capacidade de produção, para o fluxo  do poço,  de mais de  10 mil barris  de petróleo  por dia.

 De acordo com a  ANPG, o mesmo poço representa a primeira  importante  descoberta  de petróleo  feita  em Angola dentro  de uma área  de  desenvolvimento já existente.

 O mesmo  confirma  também  a  importância  da recente  oportunidade   legislativa, com a publicação do Decreto  Legislativo Presidencial  nº 5718, de  18 de Maio de  2018, que estabelece  o  regime  jurídico  sobre  as  actividades  de pesquisas dentro das  áreas  de  desenvolvimento.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais

Política de Privacidade e Cookies