Empresa reembolsa financiamento antes do prazo na Huíla

0

Redacção NA

A empresa Jardins da Yoba, da Lubango, na Huíla, efectuou em Dezembro último, o reembolso da quantia de 60 milhões de Kwanzas do crédito recebido do Banco de Desenvolvimento de Angola (BDA), no quadro das medidas de alívio económico, motivado pela covid-19, cerca de cinco meses depois do pedido feito ao banco.

Segundo avançou a ANGOP, a empresa recebeu o financiamento no final de Julho de 2020 e reembolsou um ano e meio antes do fim do prazo, tornando-se na primeira, a nível do país, a pagar o dinheiro.

De acordo com o director da empresa o dinheiro serviu para aquisição de 150 toneladas de milho transformadas em farinha e ração, assim como 50 toneladas de feijão, bens já colocados no mercado. Declarou também que com o processo conseguiram obter receitas que estavam previstas para a operação e com isso decidiram reembolsar na totalidade ao BDA.

A província da Huíla tem 41 projectos aprovados, no âmbito das medidas de alivio económico, dos quais 17 já desembolsados, num valor de oito mil milhões e 477 milhões de kwanzas.

Os projectos aprovados estão relacionados com os sectores da agricultura, comércio e distribuição, indústria transformadora, prestação de serviços, pecuária, industria alimentar e bebidas, recursos geológicos, aquicultura e pesca.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.