O país cabe aqui.

Comerciantes abordam sobre a data dedicada aos namorados

0
Notícias de Angola

Por: Victória Pinto

A data é conhecida como “o dia dos namorados”, e o corre corre não é registado somente aos apaixonados, mas também a quem proporciona os produtos diversos a quem comemora a data e faz a troca de mimos.

Nessa correria e pela crise que afecta o país, vários são os comerciantes que decidiram ir ao encontro de seus clientes

Cleusa Yange, proprietária da loja “Sê Tu Mesma”, situada no mercadão do Kilamba, vocacionada a venda de produtos  de cabelo e para pele, destacou que normalmente nesses dias as pessoas pedem kit´s, mas nesse 14 de Fevereiro são mais as mulheres que estão a procura dos produtos para si mesmo.


Cleusa Yange, comerciante

A mesma acrescentou que para si essa data é irónica, porque as pessoas esperam por esse dia para presentear seus parceiros, pois tem observado que a data perdeu o seu verdadeiro valor, assim como o natal e hoje em dia o dia dos namorados é mais valorizada no ponto de vista comercial.

“Sei que é o dia dos namorados, se tivesse namorado seria mais um dia para estar com ele, mas vejo que a data perdeu o verdadeiro significado”.

Já quem quis antigir maior público e “facturar” nesta data, saiu do seu conforto (espaço), e aderiu a uma pequena Feira que teve início no dia 12 e terminará no dia 16 de Fevereiro do corrente ano no Xyami Shopping do Kilamba, como é o caso da Personalise, empresa virada a personlização de artigos diversos, com foco para capas de telemóveis, situada na centralidade do Kilamba.

Lerivânio Gomes, funcionário da empresa, destacou que nesta época o produto mais procurado são as capas personalizadas com as fotos de casais, e reforçou que o género masculino é o que mais procura pelos serviços.


Lerivânio Gomes, funcionário da
Personalise

“Nós estamos a comercializar capas personalizadas, protetores de carregores, entre outros artigos, apesar do movimento estar calmo, a maior procura é do sexo masculino”

Pessoalmente, o jovem revelou que já comprou o presente para sua amada, e que apesar de não ter muita consideração pela data, é importante comemorar e relevar a mesma.

Por outro lado, o jovem Weza Neto que também não ficou indiferente a feira e colocou em sua banca produtos como turbantes, colares, pulseiras e tshirt´s pintadas, contou que o produto mais procurado são as turbantes cruzadas, com destaque para o género feminino.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais

Política de Privacidade e Cookies