O país cabe aqui.

Cidade do Dundo acolhe festival regional de música e dança tradiconal

0
Notícias de Angola

A cidade do Dundo, província da Lunda – Norte, vai acolher no próximo dia 25 de Junho, a primeira edição do festival regional de música e dança tradicional, numa iniciativa da Sociedade Mineira de Catoca.

O acto que enquadra-se nas actividades de responsabilidade social o grupo mineiro, tem como objectivo a preservação e valorização da cultura nacional.

Em comunicado que o Notícias de Angola teve acesso hoje, o evento terá lugar no Largo António Agostinho Neto, vai contar com participação de representantes das três províncias do Leste de Angola, nomeadamente as duas Lundas e o Moxico

Conforme Pedro Capumba, representante da Sociedade Mineira de Catoca, cada província far-se-á representar com três grupos, compostos de doze elementos.

Carlos Pedro fez saber que o  evento tem particular importância para o resgaste, preservação e valorização da cultura nacional, sobretudo da região Leste de Angola, é não competitivo e terá periodicidade anual, servindo igualmente de incentivo e promoção do trabalho dos fazedores de arte, nas disciplinas de música e dança tradicional.

“Acreditamos que desta forma a Sociedade Mineira de Catoca está a contribuir no resgate, preservação e valorização da cultura nacional, promovendo também o diálogo cultural entre diferentes gerações. E fazemos isso porque acreditamos que as nossas raízes culturais, familiares, sociais, são as características que nos distinguem dos demais e nos dão uma identidade de povo, de nação, exercendo uma importante influência sobre o desenvolvimento social” disse  Pedro Capumba.

O Festival de Dança e Música Tradicional, a nível do Leste de Angola, conta com o importante apoio dos governos provinciais da Lunda Norte, Lunda Sul e Moxico e pretende tornar-se uma referência em termos de eventos culturais do País, podendo atrair participantes de toda Angola, e muito provavelmente de outros países da África Subsaariana, principalmente dos países fronteiriços.

A província de Moxico far-se-á representar pelos grupos Komokenu, Hatchilimwene, Habiude Mãe Grande. A Lunda Sul será representada pelo Tchako Tchyetu-Luari, Grupo Komokenu-Muconda, Makopo-Dala e, por sua vez, a Lunda Norte tem como representantes os grupos Akishi tchyanda, Seha wesseke e o Grupo Tchako tchyetu tcha utchikwe. No total, está prevista a participação de 108 artistas, distribuídos em nove grupos, em representação das três províncias. 

Para a assistir o festival, estão criadas as condições para uma plateia de cerca de mil participantes, com entradas livres.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais

Política de Privacidade e Cookies