O país cabe aqui.

Angola entre os principais destinos turísticos a serem visitado em 2024

Notícias de Angola – Angola consta da lista de países com os principais destinos turísticos a serem visitados este ano, anunciou a CNN Travel esta terça-feira.

Segundo a cadeia televisiva norte-americana, a secção de viagem ( CNN Travel), incorporou Angola na lista dos 24 destinos a serem considerados ao fazer os seus planos este ano.

A publicação da CNN realça que a capital Angolana (Luanda), tem a reputação de ser uma cidade cara e festiva, mas nos espaços abertos além, Angola tem paisagens espetaculares e delícias culturais de cair o queixo. 

Conforme a mesma, a cidade do Lubango oferece uma arquitetura colonial portuguesa, a impressionante estátua do Cristo Rei, em estilo carioca, no topo da colina e acesso à Fenda da Tundavala, um mergulho vertiginoso de planaltos frescos em planícies poeirentas e cintilantes.

Destaca, por outro lado, as Quedas de Calandulas, com 396 metros de largura e o paraíso do Surf na costa atlântica da Barra do Kwanza e Cabo Ledo, em Luanda.

Para tal, a CNN Travel, aponta que o turismo internacional atingiu cerca de 90% dos níveis pré-pandemia em 2023, e os Estados Unidos emitiram um número recorde de passaportes.

A publicação destaca que a África Austral está a esforçar-se por entrar no cenário do turismo, tendo recentemente introduzido um visto electrónico de turismo de aprovação rápida. Embora as principais infraestruturas turísticas possam ainda não estar prontas.

“ É uma oportunidade de explorar um país que ainda está fora do radar das viagens”, lê-se na publicação.

Recentemente o Presidente da Associação de Hotéis e Resorts de Angola ( ARA) Ramiros Barreira, em declarações à ANGOP, referiu que o turismo é uma área fundamental para o desenvolvimento do país e que o mesmo pode dar maior dinâmica na criação de novos postos de trabalho de forma directa e indireta.

Apontou que em o país havia cerca de 223 mil empregos no sector da restauração em situação normal  de crescimento do turismo e criando as melhores condições .

De acordo com o mesmo, as últimas estatísticas em termos de empregabilidade, ronda os 160 mil empregos.

Com a isenção de vistos de turismo a 98 países, segundo o decreto presidencial, os cidadãos da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), excepto da Guiné-Bissau, podem entrar em Angola como turistas sem visto.

Países como Brasil, Cabo Verde, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste constam na lista dos países isentos de vistos de turismo, de acordo com o Decreto Presidencial n.° 189/23 de 29 de Setembro.

Moçambique já gozava de isenção.

De ressaltar que, com este decreto, fica revogado o Decreto Presidencial n.° 56/18, de 20 de Fevereiro e o Decreto Presidencial n.° 150/18, de 19 de Julho, o que não abrange o acordo bilateral de isenção de visto de turismo que existe entre Angola e África do Sul, Moçambique e Namíbia, anterior a 2018.

De acordo com o Decreto Presidencial, 35 dos países isentos são do continente europeu, sendo que 16 pertencem às Caraíbas e Pacífico. Do continente africano e da Oceânia foram contemplados 14 países. Na lista dos isentos, constam também 11 países da Ásia e oito do continente americano.

O diploma realça que esta isenção de vistos é unilateral, apenas pessoas nacionais dos países mencionados, podem entrar no País por um período até 30 dias para estadias inferiores a 90 dias por ano.

A isenção de vistos em vigor implementada, o turista precisa apenas de apresentar o passaporte com validade superior ao período de estadia e o certificado internacional de vacina, sempre que se justifique.

Comentários estão encerrados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais

Política de Privacidade e Cookies