Inicio Sociedade

Retorno das aulas continua dependente da situação epidemiológica

0
Foto: DR

Por: Ivanine Silva

O retorno das aulas, no ensino primário e secundário, em Angola, paralisadas desde Março, continua, segundo a Ministra da Educação, Luísa Grilo, dependente da situação epidemiológica do país.

De acordo com a ministra, que falava em entrevista à TPA, as aulas só retornarão caso haja uma estabilização no número de novos contágios da covid-19, que por esta altura, estão em alta.

Estão previstas para no retorno das aulas, 26 semanas lectivas, o que equivale a cerva de 6 meses de aulas, sendo que deverão decorrer em dias alternados e em escalas, de modos a serem cumpridas as recomendações das autoridades sanitárias do país.

Por outro lado, foi descartada a possibilidade de anulação do ano lectivo 2020, pelo que as aulas poderão decorrer até ao mês de Março de 2021.

As aulas estão paralisadas em todo o país, desde o final de Março, em todos os níveis, devido a pandemia da covid-19, que obrigou estudantes e professores a manterem-se em casa.

Sem Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.