Palancas Negras dizem-se prontos para “vergar” Zebras

0
Foto: Angop

A selecção nacional de futebol deslocou-se, na tarde desta quarta-feira, à cidade de Gaberone, para disputar, na sexta-feira, contra o Botswana, a última vaga do Grupo I de apuramento ao Campeonato Africano das Nações (CAN2019), optimista na vitória fora de casa.

Este sentimento foi manifestado à Agência  Angola Press (Angop), no Aeroporto Internacional 4 de  Fevereiro, momentos antes do embarque, por alguns jogadores dos 22 eleitos de Srdjan Vasiljevic para esse jogo derradeiro, pontuável para a última jornada dessa fase qualificativa, marcado para as 17h00.

Djalma Campos, indicado para capitanear o conjunto nessa “missão” disse estar praticamente garantida a qualificação, aguardando-se apenas pelo dia da consumação, uma vez que entre os seus colegas apenas reina o sentimento de vitória para a presença na festa do futebol continental.

Por sua vez, o também avançado Freddy  reiterou ser objectivo único da selecção nacional vencer o jogo, devolver a alegria ao povo angolano e, no CAN (agendado para Julho no Egipto), mostrar o potencial do futebol nacional.

“Estamos proibido pensar no empate, pois tal resultado  de certo modo  pode  inibir-nos. Vamos confiantes,  pensando unicamente na vitoria,  por forma  a  brindar  o nosso  povo, que bem merece e honrar  o país  depois  de várias edições sem participar”, salientou.

Já o guarda-redes Tony Cabaça adiantou que o combinado nacional está preparado para todos as vicissitudes do jogo, durante o qual vai procurar actuar com calma nos momentos cruciais. “Estou pronto para  dar o meu contributo  em prol do país nesta frente” – expressou.

Por  último,  Mabululu, atacante do 1º de Agosto que  mereceu  a confiança  do seleccionador para a “operação Gaberone” ressaltou que  a  selecção  está motivada e pronta para “vergar” as Zebras (designação oficial da selecção de futebol do Botswana).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome.