ONG angolana lança campanha sobre comunicação de desarmamento civil

Segundo a Comissão Nacional para o Desarmamento da População Civil de Angola, desde Março de 2008 até aos tempos presentes, em todo país, foram recolhidas um total de 111 mil e 889 armas de fogo de diversos calibres, bem como a destruição de um total de 79 mil 739 armas.

0
Foto: Cedida

Por: Ivanine Silva

A Angola 2000, ONG angolana especializada em desarmamento da população civil, lança, no mês em que é comemorada a “Semana Mundial do Desarmamento”, uma campanha de comunicação para assinalar a efeméride, lembrando do impacto nocivo que as armas, em posse da população civil, têm na afirmação da cultura de violência.

De acordo com uma nota que o Notícias de Angola teve acesso, esta campanha campanha consiste num conjunto de anúncios publicitários, sendo que cada um mostra uma metralhadora montada com as peças totalmente trocadas, tornando-a impossível de usar.

Os anúncios comunicam a mensagem: Guerra, já é tempo de esquecer como se faz. É feita uma alusão ao passado de guerra do país e como os quase 20 anos transcorridos desde o fim do conflito armado demonstram a importância de esquecer como se monta uma arma e como se faz guerra.

Engajada na promoção do desarmamento da população civil em Angola a sensivelmente 20 anos, a ONG Angola 2000, juntou-se à agência de comunicação ISENTA, para desenvolver a campanha que, para a sua divulgação, conta com a parceria da Media Rumo, que vai divulgar nas suas plataformas de comunicação ao longo da semana do desamamento.

Segundo a Comissão Nacional para o Desarmamento da População Civil de Angola, desde Março de 2008 até aos tempos presentes, em todo país, foram recolhidas um total de 111 mil e 889 armas de fogo de diversos calibres, bem como a destruição de um total de 79 mil 739 armas.

A campanha, que teve a supervisão de António Pascoa, contou com a Direcção Criativa e de Arte de Fernando Freitas, com redacção de Marcelo Coli, sendo que as imagens foram desenvolvidas por Guilherme Duarte, do CGI Studio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.