O país cabe aqui.

Ministro da Justiça e dos Direitos Humanos acredita na recuperação da dignidade e do bom nome de Angola

0

Por: Victória Pinto

Ministro da Justiça e dos Direitos Humanos, Francisco Queirós, declarou a imprensa que as políticas implementada pelo Executivo para o combate à corrupção e à impunidade, bem como a promoção dos direitos humanos e a recente investigação  jornalística denominada Luanda Leaks, têm contribuído para a recuperação da dignidade e do bom nome de Angola a nível intencional.

O governante considerou que apesar de ainda haver um longo caminho a percorrer, o ambiente está a melhorar porque a política do Executivo está correcta e num bom curso.

Uma vez que Angola encontra-se em 19º lugar no ranking internacional dos países que combatem a corrupção, a impunidade e promovem o respeito pelos Direitos Humanos, Francisco Queirós, acredita que se está a recuperar o respeito da comunidade internacional e da sociedade angolana.

“Os passos dados em dois anos confirmam que as organizações internacionais consideram bem-sucedidas as políticas implementadas”

O ministro descartou a existência de perseguições individuais, isto pela quantidade e qualidade de processos e dos casos em julgamento, e ressaltou que “quem comete irregularidades cai nas malhas da justiça”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais

Política de Privacidade e Cookies