O país cabe aqui.

Higiene pessoal e do Lar, ditam escolhas do consumidor em tempos de COVID – 19 em Angola

0

A chegada da doença do Coronavírus (Covid-19), ao nosso país, (Angola) levou a que muitos consumidores reforçassem as suas medidas de higiene e protecção.

De acordo com a nota que o NA, teve acesso nesta terça-feira, dos estudos de mercado e monitorização de media feito pela empresa Keyresearch, mostram alguns produtos registam uma certa valorização e incremento na procura. É o caso de sectores como Higiene Pessoal e Higiene no Lar, que são considerados como chave para a prevenção da disseminação da doença.

Porém, o Ministério da Saúde recomenda medidas básicas de higiene do dia-dia, como lavagem das mãos com água e sabão. Para a limpeza doméstica recomenda-se a utilização dos produtos usuais, dando preferência para detergentes para desinfectar superfícies. Para além das compras imediatas de supressão das necessidades, aconselha-se igualmente a compra e armazenamento de produtos de higiene tanto do lar como da higiene pessoal. 

Marcas como Madar, Ultra e Fada estão muito bem posicionadas para entregar o valor que os consumidores procuram (protecção sanitária). Marcas Nacionais como Allegro, que ocupam o mercado de produtos alternativos ou substitutos,também verão a sua participação de mercado elevada na medida em que os consumidores poderão fazer a troca por eles, porque são itens de preço relativamente baixo em categorias acessíveis.

O estudo posicionamento de marcas da Keyresearch é realizado três vezes ao ano e inclui um ranking com as 10 marcas mais citadas em 10 categorias incluindo Higiene do Lar, Higiene Pessoal, Águas de Mesa (sem gás), Bebidas Energéticas, Cervejas, Gasosas, Instituições Bancárias e Seguradoras.

O estudo integra diferentes indicadores de estudo que reflectem o posicionamento de uma determinada marca e em diferentes categorias.

Tal como tem sido observado ao longo do tempo, cada vaga vem repleta de suas novidades, insights exclusivos, de notoriedade, consumo e recordação publicitária e exemplos de alguns canais de comunicação mais eficientes.

Para esta primeira vaga (Fevereiro de 2020), o estudo de posicionamento trás uma novidade que tem de ver com o comportamento dos consumidores angolanos em situação de crise influenciada pelo Coronavírus.

Fundada em 2005, a Keyresearch apresenta-se como uma das empresas mais antigas de estudos de mercado e monitorização de media, a operar e Angola.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais

Política de Privacidade e Cookies