Família Petrolífera reune-se em noite de celebração dos 40 anos do clube

0
Fotos: Nambi Wanderley

Por: Ivanine Silva

Dirigentes, atletas, colaboradores, sócios e simpatizantes do Petro de Luanda, reuniram-se, na noite desta terça-feira (14), na tenda do Complexo Paz-Flor, onde celebraram os 40 anos de existência do clube.

Na comemoração dos 40 anos de existência do Petro de Luanda, foi realizado um jantar a altura do clube, em noite de glamour, em que celebrou-se em tons de Azul, Amarelo e Vermelho, o grande símbolo desportivo que é este grande clube nacional.

Numa noite em que o desporto fundiu-se à música e a dança, foram também homenageadas várias figuras incontornáveis da história do clube nestas quatro décadas memoráveis.

Após o discurso de abertura, proferido pelo Presidente do Petro, Tomás Faria, que agradeceu a todos que fazem do clube uma grande instituição e que estes 40 anos representam um grande patrimônio para o clube, seguiram-se vários momentos culturais, onde a música e dança entraram em cena.

Agitaram a noite, Dina Santos, Lulas da Paixão, Carlos Burity, Dom Caetano e Kyaku Kyadaff, alguns deles ligados ao clube como adeptos.

Foi também homenageada a Ministra da Juventude e Desportos, Ana Paula do Sacramento Neto, cuja trajectória desportiva esteve ligada ao clube, onde passou grande parte da sua juventude, carreira e conquistou vários troféus.

“Cresci no petro,fui campeã jogando no Petro, tudo que eu consegui, campeonatos do mundo ou jogos Pan-Africanos, foi treinando no clube”, declarou a Ministra.

Outro momento marcante na noite, foi a homenagem prestadas àqueles que fizeram e ainda fazem do Petro uma grande referência desportiva a nível nacional, com a entrega das Torres de Ouro, Torres de Prata e as Torres de Bronze e medalhas especiais, entregues a dirigentes, alguns destes a título póstumo, a ex-jogadores do clube e aos sócios que mais se destacaram ao longo dos anos.

Entre os dirigentes e atletas homenageados, saltam a vista os nomes de: Herminio Escórcio, José Maria Botelho de Vasconcelos, Tomás Faria, Lamá, Víctor de Carvalho e Isabel Fernandes.

Fundado aos 14 de Janeiro de 1980, o Petro de Luanda, é hoje em dia, um dos clubes mais respeitados do país e do continente, com imensa história e um valor simbólico imensurável, ao nível dos principais clubes mundiais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome.