O país cabe aqui.

Angola Cables assina memorando de entendimento com CTM

0
Notícias de Angola

A multinacional angolana de Telecomunicações, Angola Cables, e a CTM (Companhia de Telecomunicações de Macau),  provedora líder de serviços de telecomunicações em Macau, assinaram um memorando de entendimento para melhorar as oportunidades digitaise de negócios entre Macau e Angola.

Este memorando, deverá abranger  também, a China Continental, os Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) e o Brasil.

De acordo à uma nota de imprensa que o Notícias de Angola teve acesso, aponta que a CTM prevê com este memorando, alavancar a sua rede internacional aproveitando a sua posição privilegiada na Grande Baía de Macau, como um centro essencial para a digitalização da região Ásia-Pacífico.

Esta parceria visa promover estratégias e oportunidades para vincular a área da Grande Baía à África, às Américas e aos países de língua portuguesa.

De acordo com António Nunes, lider do conselho administrativo da Angola Cables, este acordo permite um aumento considerável de oportunidades para a operação em Angola, cuja rede está interconectada ao Brasil e  Macau através da CTM, que  desempenha um papel muito importante para a ligação ao Oriente.

blank
António Nunes, PCA da Angola Cables
Foto: DR

Por seu turno, o responsável máximo da CTM, Vandy Poon, adianta que a parceria reflete o posicionamento da empresa em participar activamente na realização dos projectos de Macau no contexto da Grande Baía e da Iniciativa One Belt One Road.

Vandy Poon, PCA da CTM
Foto: DR

O acordo entre as duas empresas, vai desempenhar um papel fundamental no reforço da rota Sul-Sul e tráfego de dados alavancando o ecossistema digital de Angola que beneficia da rota LATAM-Africa, Europa e Ásia formada pela integração dos sistemas de cabos submarinos das duas entidades.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais

Política de Privacidade e Cookies